Sede campestre não funcionará nos dias 4 e 5 de abril

Imagem A Coordenação Social Esporte, Cultura e Lazer do Sindtifes-PA, responsável administração da sede campestre do sindicato, vem a público informar que a referida sede não funcionará nos dias 4 e 5 de abril, sábado e domingo desta semana, devido ao feriado de Páscoa.     Informamos também que a folga dos funcionários da sede campestre será antecipada para o domingo de Páscoa, 5 de abril. No sábado (4), estará de serviço na sede o prestador de serviço Daniel Santos e no domingo (5), o funcionário Reginaldo Cardoso Chagas....

Qua, 01 de Abril de 2015 Leia Mais...

Docentes da UEPA entram em greve contra os cortes no orçamento da universidade promovido por Jatene (PSDB)

Imagem Os docentes da Universidade Estadual do Pará (Uepa) decidiram, em assembleia realizada na segunda-feira (30), iniciar greve em conjunto com os estudantes nos campi do interior e da capital da universidade. A categoria luta  contra os sucessivos cortes no orçamento, que têm comprometido as estruturas físicas dos campi, principalmente, os do interior do estado, prejudicando as condições de ensino, pesquisa e extensão da Uepa. Os docentes da Uepa também reivindicam a implementação do Plano de Cargos, Carreira e Salários (PCCR), melhorias das condições de trabalho e ensino de qualidade,...

Qua, 01 de Abril de 2015 Leia Mais...

Funcionalismo federal fará paralisações e atos contra o ajuste de Dilma em 7, 8 e 9 de abril

Imagem Cumprindo o calendário de lutas aprovado na ultima plenária nacional da FASUBRA, a diração nacional da entidade orienta todos os sindicatos filiados a organizar nos dias 07,08 e 09 de abril manifestações e paralisações nas Instituições Federais de Ensino (IFES), onde for possível, se somando às manifestações que vão ocorrer tanto em Brasília, como pelo país, da maioria das entidades dos trabalhadores do funcionalismo público federal. O objetivo dessas manifestações é chamar a atenção do governo Dilma para que as negociações com os trabalhadores comecem imediatamente, bem como pressionar...

Ter, 31 de Março de 2015 Leia Mais...

Déficit do Postalis explicita problemas dos fundos de pensão

Imagem O Postalis, fundo privado de pensão da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT), que apresentou um rombo de R$5,6 bilhões no ano de 2014, vai retirar do salário dos trabalhadores e da União o dinheiro necessário para ajustar as contas. Baseado no mesmo modelo que o Funpresp, o Postalis se junta aos fundos de pensão dos trabalhadores da Caixa Econômica (Funcef) e da Petrobras (Petros) – que também apresentaram perdas bilionárias. A perda de dinheiro do Postalis se deu com investimentos no mercado financeiro que geraram prejuízo. O fundo...

Seg, 30 de Março de 2015 Leia Mais...

Últimos Tweets

Links importantes