top of page

Vamos todos e todas às ruas dia 11/6: ato unificado da greve da educação federal!

A greve da educação federal segue forte mesmo diante da intransigência do governo Lula em valorizar nossa carreira, dar reajuste em 2024 e recompor o orçamento das universidades e institutos federais.

A força da greve fez com que o governo marcasse uma nova reunião com os Taes para 11/6, próxima terça-feira.

Nesse dia o Comando Nacional de Greve da Fasubra está chamando atos nacionais unificados.

Em Belém faremos um grande ato em frente ao IFPA da Almirante Barroso (entre Mariz e Barros e Timbó), a partir das 9h. Queremos dialogar com todos os Taes e fazer um chamado a que compareçam ao ato. É dia de parar todos os setores e ir às ruas. Convide um familiar e um amigo, chame um colega de trabalho. Queremos fazer nesse dia uma grande passeata para ganhar apoio da opinião pública à nossa greve e dobrar o governo para que atenda às nossas pautas.

 

A greve segue forte: é preciso intensificar o movimento!

 

As assembleias dos Taes e docentes a nível nacional foram massivas e rejeitaram a última proposta do governo e mantiveram a greve, mesmo com a tentativa do governo em encerrar a o movimento num acordo forçado com o Proifes (sindicato governista).

Na assembleia do Sindtifes-PA compareceram mais de 400 pessoas (presencial e online) e a perspectiva de radicalizar a greve e fazer fortes mobilizações de rua foi aprovada por unanimidade.

Por isso propomos aos colegas que ainda estão trabalhando ou fazendo revezamento em serviços não essenciais, que adiram integralmente à greve. É hora de darmos uma resposta ao governo Lula-Alckmin fortalecendo a greve nos locais de trabalho e realizando um forte ato de rua no dia 11/6.

 

Calendário: reunião com o Reitor na sexta-feira (7/6) e festa junina da greve na segunda-feira (10/6)

 

Chamamos a categoria a participar da reunião com o Reitor Emmanuel Tourinho na sexta-feira (7/6) às 16h, na Reitoria, para debater a pauta local e o compromisso da administração em defender a legitimidade e nenhum ataque à greve na reunião com o presidente Lula que ocorrerá em 10/6.

Convidamos também a todas, todos e todes a se somarem à festa junina da greve “Educação na Roça” que ocorrerá na segunda-feira (10/6), no Hall da Reitoria da UFPA, a partir das 10h.

 

Extrema-direita não é nossa aliada!

 

O deputado federal Nikolas Ferreira, da extrema-direita, tem feito declarações de suposto apoio à greve da educação federal.

Alertamos à categoria que se trata de pura demagogia e oportunismo.

Apesar de estarmos enfrentando a política econômica do governo Lula de forma independente, não nos esquecemos que a extrema-direita no poder congelou nossos salários por quatro anos, terceirizou cargos, fez legislações antigreve e quer, no fundo, privatizar as universidades e fazer uma reforma administrativa para acabar com os serviços e servidores públicos.

A greve está servindo para debatermos o modelo de educação e serviços públicos que queremos, que infelizmente não é o mesmo do governo Lula, mas é o oposto do que defende a extrema-direita.

77 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page