top of page

Sindtifes-PA participa da Paralisação Nacional

TAEs da UFPA, UFRA, Unifesspa e UFOPA participaram do Dia Nacional de Paralisação em Defesa da Educação, realizado quinta, 22/02. Na UFPA e na UFOPA também foram realizados debates sobre a atual conjuntura, com ótima participação da categoria. As ações visam cobrar e pressionar o governo por respostas às pautas de reivindicações das (os) servidoras (es) federais, que acumulam perdas de aproximadamente 53% e 39% de 2010 até agora.

No caso específico da educação, a Fasubra definiu em reunião apresentar à categoria o dia 11/3 como indicativo para início da greve caso o governo responda negativamente à proposta de reestruturação do PCCTAE e não apresente perspectiva de reajuste salarial digno na mesa de negociação geral que deve ocorrer em 28/2.

Em 2023, houve um processo de negociação marcado por adiamentos de reuniões, o que dificultou diversas vezes a mobilização das (os) trabalhadoras (es), ausência de respostas significativas e culminou com uma proposta de reajuste zero, já no fim do ano, às vésperas da votação da LOA, com a nítida intenção de dificultar uma resposta contundente do movimento sindical. Razão pela qual acredita-se que será muito difícil o governo atender às nossas demandas por reposição das perdas e reestruturação da carreira sem a intensificação das lutas.

O Dia Nacional, que mobilizou a paralisação de 39 universidades em todo Brasil, é uma demonstração de que há disposição de luta e condições políticas para uma forte greve, caso o governo federal siga imprimindo uma agenda de austeridade fiscal, fazendo a classe trabalhadora pagar pela crise que os ricos criaram.


DEBATE NA UFPA

Após o café da manhã partilhado, foi realizado no Hall da Reitoria da UFPA debate com tema "A luta por carreira, salário e contra a reforma administrativa", que teve como debatedora e debatedores a professora Joselene Mota, coordenadora geral da Adufpa, Marcos Soares, coordenador geral do Sindtifes-PA e Felipe Melo, diretor do mesmo sindicato, assim como Danielle Brito, que ficou na mediação. O evento contou com a presença de estudantes, docentes, sindicatos parceiros, de representações da CSP-Conlutas e da ex-deputada federal pelo PSOL, Vivi Reis.



ATO NA UFOPA

Na UFOPA, no Bosque em frente ao BMT2, em Santarém-PA, também foi realizada atividade de debate após o café da manhã partilhado. Na ocasião, foram feitos informes e feitas reflexões a respeito das mesas de negociação da das entidades sindicais com o governo federal, e foram feitos repasses em relação ao andamento do processo de recomposição da Comissão de Flexibilização e Ajuste de Jornada (CFAJ).


54 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page