Campanha salarial: entidades cobram reajuste salarial de 19,9% nesta quarta-feira, 23, em Brasília

Em reunião realizada na semana passada, entidades dos servidores públicos federais, que integram o Fórum das Entidades Nacionais dos servidores públicos federais (Fonasefe), os dirigentes das entidades nacionais dos servidores federais avaliaram que não há condições de iniciar a greve unificada dos spf's  neste momento e, por isso, como a assembléia do SINDTIFES aprovou seguir o calendário do fonasefe fica inviabilizada a DEFLAGRAÇÃO DA GREVE no dia 23/03.

Por isso, na data desta quarta-feira, 23, que seria o início do movimento paredista, será feita a entrega de um documento ao Ministério da Economia, para forçar o governo a negociar a pauta do reajuste salarial.

De acordo com o diretor Marcos Soares, da coordenação geral do Sindtifes-Pa, o sindicato irá divulgar a data da próxima assembleia geral, em breve, para acompanhar o processo de construção do movimento nacional e debater com a categoria da UFPA, UFRA, UFOPA e UNIFESSPA.

O Fonasefe decidiu, ainda, durante a reunião do dia 18, como parte das atividades da Campanha Salarial, realizar uma Jornada de Luta, em Brasília, nos dias 29, 30 e 31 de março, com caravanas de base de todo Brasil.

Seguirmos mobilizando a categoria para as novas atividades da campanha salarial em curso.

 

comments

Links importantes