Assembleia decide reinvindicações sobre trabalho remoto e cria grupo de trabalho

 

Em assembleia geral realizada por videoconferência na quinta-feira (27), as técnicas e técnicos filiados ao Sindtifes aprovaram pauta de reivindicações sobre teletrabalho, que envolve, entre outros pontos, a continuidade do modelo remoto até quando durar a pandemia e a exigência de infraestrutura e condições adequadas de trabalho. A assembleia retirou ainda posição contrário ao Ensino Remoto Emergencial (ERE), à proposta de reforma administrativa do governo federal e apoio à greve dos trabalhadores dos Correios, deflagrada no dia 17 de agosto.

 

 

Os presentes decidiram também criar um Grupo de Trabalho (GT) sobre a modalidade remota para elaborar uma pesquisa sobre as condições dos servidores e estudar a Instrução Normativa 65, que trata do teletrabalho e foi considerada um ataque aos trabalhadores pela assembleia. Com mais de três horas de duração e a participação de cerca de 90 associados, a assembleia também discutiu a situação atual dos técnicos dos Hospitais Universitários (HU´s) e estabeleceu a continuidade de ações em defesa dos direitos dos trabalhadores.

 

A assembleia iniciou com as avaliações sobre o trabalho remoto em cada uma das universidades federais do Pará: Universidade Federal do Pará (UFPA), Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA) e Universidade Federal do Sul e do Sudeste do Pará (UNIFESSPA). Os representantes, respectivamente, foram William Mota, da Coordenação de Comunicação do Sindtifes; Anderson Vieira, da seção sindical da UFRA; Silvio Almeida Ferreira, da seção da UFOPA; Augusto Severo, da seção da UNIFESSPA.

 

Após as análises e informes, houve inscrições e propostas por parte dos presentes. Foram decididas as reivindicações: que as reitorias publiquem orientações gerais sobre como o trabalho remoto deve ser conduzido, para evitar excessos e assédios; garantir apoio psicológico aos servidores; que as administrações superiores implementem uma política especial para as mulheres, tendo em vista a estrutura social machista em que vivemos, na qual recai sobre as trabalhadoras o peso das tarefas domésticas, as quais se encontram bastante aumentadas neste período.


As pessoas interessadas em participar do Grupo de Trabalho sobre trabalho remoto devem entrar em contato com a Secretaria do Sindtifes no telefone: (91) 98200-6781.

 

 

 

comments

Links importantes