Sindtifes repudia tentativa de feminicídio contra servidora da UFOPA

 

A coordenação geral do Sindtifes manifesta seu completo repúdio ao caso de tentativa de feminicidio contra uma servidora da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), noticiado na imprensa de Santarém na última segunda-feira, 27.

A funcionária pública Poliana Stabenow foi baleada em sua casa no dia 23 de agosto. O acusado é Hilderley dos Santos Castro, seu marido. O sindicato, por meio da Gestão Autonomia e Luta, está na batalha por uma sociedade mais justa, em que sejam respeitados os direitos, corpos e vidas de todas e todos.

Prestamos nossa solidariedade à Poliana, portanto, e torcemos pela recuperação rápida da servidora. Nos solidarizamos também com sua família e amigos, e nos colocamos à disposição para eventuais apoios.

A atuação do Sindtifes está norteada, historicamente, pela luta contra o machismo e qualquer tipo de violência.

É pela vida das mulheres. Não ao feminicídio!

 

 

comments

Links importantes