Repúdio à demissão de Mauro Mendes, trabalhador da Unb

A Diretoria do Sindicato dos Trabalhadores nas Instituições Federais de Ensino Superior do Pará (SINDTIFES-PA) repudia veementemente a demissão de Mauro Mendes, trabalhador terceirizado em greve da Universidade de Brasília (UnB), ativista sindical e membro do Conselho Fiscal da Federação dos Sindicatos de Trabalhadores das Universidades Brasileiras (FASUBRA).

O SINDTIFES-PA expressa sua incondicional solidariedade aos trabalhadores em greve na UnB e exige a abertura imediata de negociações entre os grevistas, a empresa prestadora de serviço e a UnB. A demissão de uma liderança sindical em pleno exercício do direito de greve constitui prática antissindical e grave violação aos direitos coletivos da classe trabalhadora. Lutar é direito. Lutar não é crime. A pauta da greve é justa, legítima e legal. Pela imediata readmissão de Mauro Mendes e por abertura de negociação já. Todo o apoio à greve dos trabalhadores da UnB.

Diretoria do SINDTIFES-PA.

Belém, 16 de maio de 2018.

comments

Links importantes