Seg, 09 de Janeiro de 2023 18:13

O Sindtifes-PA repudia com veemência os atos golpistas dos bolsonaristas realizado na tarde do domingo (9/1) em Brasília.

Bolsonaro, seus filhos e todas as lideranças da extrema-direita pelo país são responsáveis por esses ataques pois financiam e estimulam essas manifestações golpistas desde o fim do processo eleitoral.

Manifestações são um direito, mas não devem ser tolerados atos que pedem a instalação de uma ditadura militar. Eles querem, na verdade, acabar com o direito de manifestação do povo trabalhador e impor pobreza, arrocho salarial e privatizações sem que haja questionamentos e lutas populares.

Por isso gritamos em alto e bom som que "Ditadura Nunca Mais".

Propomos a todas às entidades sindicais, estudantis e populares, em especial à CUT, UNE, MST, MTST e todos os partidos de esquerda que construam um plano de lutas contra os golpistas e pela reivindicação nas ruas da punição exemplar de todos os financiadores, mentores e executores das manifestações golpistas em Brasília nesse último domingo (8/1) e em todo o país desde o final do segundo turno, com imediata prisão e bloqueio dos bens dos envolvidos.

Por fim, chamamos nossa categoria técnico-administrativa a se somar aos atos contra os golpistas em todo o Estado do Pará. Alertamos nossa categoria, toda a classe trabalhadora e os movimentos sociais de que é preciso confiarmos em nossas próprias forças e em nossa própria luta. Neofascistas se combatem nas ruas, com mobilização popular. Somente fortes atos de rua serão capazes de desmobilizar a extrema-direita. Esse papel não será cumprido por nenhuma instituição da democracia burguesa.

Sem anistia aos golpistas!

Prisão e bloqueio dos bens dos golpistas e empresários financiadores!

Julgamento e prisão de Bolsonaro, seus filhos e todos os bolsonaristas criminosos!

Confiar nas nossas próprias forças de luta para punir os golpistas!

comments