Qui, 07 de Abril de 2022 17:02

 

Os técnicos-administrativos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) entraram em greve desde 4 de abril. A categoria reivindica, além do reajuste salarial, pautas como a revogação da Emenda Constitucional 95 (teto de gastos), pelo arquivamento da PEC 32 (Reforma Administrativa), melhoria das condições de trabalho, manutenção do valor reduzido do Restaurante Universitário (RU) para os servidores, pelo direito dos TAEs de exercerem cargos de gestão, 30 horas para todos sem revisão de salário, por uma data base para os trabalhadores, alteração da legislação federal para destinação de verba para educação básica.

A pauta da greve dos companheiros é justa e, por isso somos contrários qualquer tipo de criminalização do movimento, como vem sendo feito pela mídia em Santa Catarina. Chamamos a direção da Fasubra, as centrais sindicais e todos e todas que defendem o direito de greve a repudiar as ações da imprensa e a cercar de solidariedade essa luta. Nós, do SINDTIFES-PA, estamos na batalha pela construção da greve nacional da nossa categoria pelo reajuste salarial de 19,99% já, lutando pela jornada de 30h e pelo conjunto da pauta apresentada pelos (as) companheiros (as).

Direção do SINDTIFES-PA – 05/04/2022

 

comments