Seg, 14 de Março de 2022 14:31

Desrespeito, ataques e descompromisso com as trabalhadoras e trabalhadores do Brasil marcam a gestão de Jair Bolsonaro. Como se não bastasse a alta dos combustíveis e a consequente inflação sobre os alimentos, o governo quer que os servidores públicos continuem sem aumento salarial, mesmo com a defasagem de 19,9%, em três anos.

Para dizer basta, o Sindtifes convoca a categoria para participar da paralisação nacional na próxima quarta-feira, 16 de março. A ação faz parte do calendário de lutas unificado de entidades do Brasil inteiro, que tem como objetivo o aumento salarial justo. Em Belém, o ato público terá concentração às 8h, no Mercado de São Brás, e tem ainda como pautas a luta contra a Reforma Administrativa e pelo Fora Bolsonaro.

“Quero convidar os colegas a paralisarem suas atividades neste dia 16 de março, em defesa do nosso reajuste salariou”, declarou a coordenadora Katia Rosangela, do Sindtifes.

GREVE JÁ

Com a participação virtual de 33 entidades representadas por 156 delegadas e delegados de todo o país, a Plenária Nacional da Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-Administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (FASUBRA), realizada nos dias 04 e 05 de março, reafirmou a paralisação nacional do dia 16 e o indicativo de greve para o próximo dia 23.

 

 

comments