Qua, 09 de Setembro de 2020 01:49

 

O Conselho Superior de Administração (Consad) da UFPA, em reunião no dia 27 de agosto, acatou reivindicação dos técnicos-administrativos e permitiu o empréstimo de bens móveis da universidade para servidores em trabalho remoto, enquanto durar o período de suspensão das atividades presenciais. Os bens são: notebook, desktop, nobreak e cadeira.


“O empréstimo poderá ser formalizado por meio de Termo de Acautelamento realizado por meio do Sistema Integrado de Patrimônio, Administração e Contratos (SIPAC), em nome do servidor efetivamente lotado e em exercício na UFPA, que ficará responsável temporariamente pela guarda e conservação dos bens sob os seus cuidados”, estabelece a Resolução Nº 1.503.


O prazo máximo de validade do acautelamento para fins de trabalho remoto será de três meses, podendo ser prorrogado de acordo com autorização do gestor da unidade. No ato do empréstimo é de responsabilidade do servidor a conferência da integridade do equipamento e dos acessórios que o acompanham.


Caberá também aos técnicos providenciar os transportes dos bens utilizados, assim como a instalação dos equipamentos, com recursos próprios, no local onde será realizado o trabalho remoto e dispor, por sua conta, de acesso à internet de uso residencial, diz ainda o documento.


“Após o retorno do trabalho presencial ou quando cessar a necessidade que justificou o empréstimo, caberá ao servidor providenciar, por meio de recursos próprios, a desinstalação e a devolução dos equipamentos postos à sua disposição no prazo máximo de cinco dias. A devolução dos bens apenas será considerada finalizada após a conferência dos bens pelo agente patrimonial da Unidade e revogação do Termo de acautelamento”, completa a resolução do Consad.


Confira aqui a resolução na íntegra.

 

comments