Ter, 10 de Dezembro de 2019 19:41

Em tempos de ataques à liberdade de expressão e aos direitos do povo brasileiro, estar junt@s e confraternizar é também um ato político. Foi o que ocorreu na já tradicional festa de fim de ano do Sindtifes, que ocorreu no último domingo, 8, na Sede Campestre do sindicato. Cem cestas de alimentos foram sorteadas, além de geladeira, dois televisores, fogão, bicicleta, ventilador e duas batedeiras.


A coordenadora geral do Sindtifes, Taís Ranieri, demarcou a importância do momento para os trabalhadores em seu pronunciamento. “Foi um ano muito difícil para a categoria e também para todos os brasileiros e brasileiras, mas também foi um ano de muita luta, de muito enfrentamento, em que não ficamos calados. Nesse momento, temos que recarregar as baterias, pois em 2020 vamos continuar dizendo não para esse governo e defendendo nossos direitos”, enfatizou.


“Muitas vezes, no cotidiano do trabalho, não conseguimos ter proximidade com nossos colegas, e conversar sobre o momento que estamos vivendo”, considerou Anderson Vieira, servidor da UFRA. Para ele, a confraternização do Sindtifes cumpre também o objetivo de estreitar os laços entre os trabalhadores. É também o que pensa a servidora Regina Pereira, do campus básico da UFPA. “Mesmo com 35 anos ininterruptos de trabalho, têm colegas que eu não conheço e nunca vi. O melhor dessas festas é a gente poder se encontrar”, comemorou.


Além da entrega de prêmios, a festa também contou com música ao vivo muita dança no salão!

comments