Ter, 07 de Maio de 2019 21:25

Por unanimidade, a assembleia geral dos trabalhadores da UFPA aprovou nesta terça-feira, 7, a participação e adesão dos servidores à Greve Nacional da Educação, no dia 15 de maio, e à Greve Geral, convocada por centrais sindicais para 14 de junho.


No dia 15 deste mês, um ato público terá concentração às 8h, na Praça da República, em frente ao prédio do Instituo de Ciências da Arte, da UFPA. O objetivo é reunir o máximo possível de pessoas para protestar contra os cortes que o Ministério da Educação de Jair Bolsonaro tem anunciado para as instituições federais de ensino.


“FPA, Ufra e IFPA, com seus estudantes, técnicos e professores, estarão juntas. A ideia é também reunir professores e estudantes com banners e faixas para mostrar a importância do ensino, da pesquisa e da extensão universitária para as pessoas. Acredito que será um momento de luta muito importante para a construção da Greve Geral”, afirma o coordenador de comunicação do Sindtifes, William Motta.


Em breve, será decidida qual será a atividade conjunta a ser realizada no início da Greve Geral, dia 14 de junho

comments