Sex, 15 de Março de 2019 13:16

A importância do movimento sindical foi o foco da Assembleia Geral do Sindtifes realizada nesta quinta-feira, 14, no Hall da Reitoria da UFPA. Diversos pronunciamentos de servidores destacaram também o protagonismo que a categoria dos técnicos deve ter para que os ataques de Bolsonaro contra os trabalhadores sejam derrubados.

O principal encaminhamento decidido foi a participação do Sindtifes na paralisação nacional contra a reforma da Previdência, que será realizada no próximo dia 22 de março. Em Belém, será organizado um ato com concentração em frente ao Banco do Brasil, na avenida Presidente Vargas, às 7h. A passeata sairá em direção à sede do INSS, na avenida Nazaré.

A assembleia tratou também da Medida Provisória 873, que retirou o desconto em folha da contribuição aos sindicatos. “Fomos surpreendidos com o anúncio dessa medida, nas vésperas de carnaval. O objetivo é inviabilizar a existência dos sindicatos e, consequentemente, nossa resistência contra a reforma da Previdência”, disse Marcos Soares, da coordenação geral.

Durante a assembleia, foram distribuídos os formulários de filiação aos trabalhadores e dados esclarecimentos aos presentes sobre os próximos passos para enfrentar a medida do governo. Uma liminar foi expedida sobre o assunto, mas o caso segue na Justiça.

comments