Qua, 10 de Outubro de 2018 10:56

A Diretoria do Sindicato dos Trabalhadores das Instituições Federais de Ensino Superior no Estado do Pará (SINDITIFES) conclama seus filiados, bem como o conjunto dos trabalhadores das universidades federais do Pará, a se engajarem nas atividades e mobilizações do movimento #EleNão.


Precisamos derrotar o candidato neofascista Jair Bolsonaro nas ruas, mas também nas urnas no dia 28 de outubro. Orientamos o voto na legenda 13, no candidato Fernando Haddad (PT), como um voto de protesto contra a ameaça maior que representa o candidato da extrema-direita.

 

Não temos ilusões em um futuro governo do PT. Sabemos que teremos que lutar de forma independente do governo, tal como fizemos durante os governos FHC, Lula, Dilma e Temer. No entanto, é incomparável os danos que podem ser causados aos direitos da classe trabalhadora, à universidade pública, ao conjunto dos serviços públicos, aos segmentos oprimidos da sociedade e à democracia caso um governo de extrema-direita chegue ao poder.


Não podemos permitir que seja eleito um governo que irá privatizar as universidades públicas, que irá acabar com o SUS, que irá perseguir as mulheres, negros e negras, LGBT’s, que irá retirar direitos como o décimo terceiro salário e o adicional de férias. Um governo que vai impulsionar o ódio, a violência e a discriminação contra os segmentos oprimidos da sociedade. Em defesa de nossos direitos, em defesa da universidade pública, em defesa de nossas vidas: #EleNão.


Diretoria do SINDITFES-PA

Belém, 10/10/2018

 

comments