Sex, 15 de Junho de 2018 13:45

Os servidores técnico-administrativos da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) realizaram assembleia geral da categoria nesta quinta-feira, 14, pela manhã, na sede da seção sindical do Sindtifes da universidade.

 

A recomposição da gestão da seção sindical da e o calendário de lutas referentes à campanha salarial dos servidores públicos federais 2018-2019, indicado pela nova diretoria da FASUBRA, foram as pautas debatidas.

 

Na ocasião, foi eleita pela assembleia uma nova coordenação para a seção sindical. A eleição em assembleia se deu em caráter excepcional em virtude do tempo da atual gestão da seção sindical da UFRA ter expirado desde o final de 2017, provocando problemas administrativos para a entidade.

 

Em novembro do ano passado foi eleita uma comissão eleitoral para tocar os trabalhos do referido processo eleitoral. No entanto, por conta de questões burocráticas, não houve o andamento da eleição. Como a gestão já havia expirado, a vida administrativa da seção estava emperrada, sem a possibilidade de movimentar os recursos financeiros da entidade, que já possui uma conta bancária aberta em nome da própria seção.

 

Para resolver emergencialmente essa situação, os servidores resolveram eleger de maneira extraordinária e excepcional a nova coordenação da seção sindical em assembleia geral, comprometendo-se a retomar na próxima eleição o pleito através de urnas nos campi, como é tradição da categoria.


Paralisação no dia 20 de junho

A assembleia também debateu a conjuntura política do país e a campanha salarial em curso dos servidores públicos federais. Foi aprovada a jornada de lutas indicada pela FASUBRA para os dias 19 e 20 de junho, com paralisação dos técnicos no dia 20/06.

Nesse dia, será julgado no Supremo Tribunal Federal (STF) o direito dos servidores públicos federais terem data-base para reposição salarial, uma conquista que no país é garantida somente aos trabalhadores celetistas, pois não há regulamentação em lei de negociação coletiva e direito à data-base para os servidores estatutários.

 

comments