Qua, 20 de Setembro de 2017 10:53

Servidores técnico-administrativos da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) participam, a partir desta terça-feira, 19, do curso “Como funciona a sociedade”. O evento busca debater categorias teóricas marxistas para a formação servidores que atuem nas lutas sindicais da categoria na instituição.

O curso é estratégico, afirma a pedagoga Lidiane Rodrigues, dado o atual contexto, tanto nacional, em função das reformas trabalhista e previdenciária, quanto local, já que, neste momento, a Unifesspa constrói seu estatuto. “Estamos no processo de escolhas de delegados, formulação de propostas. É importante o debate para os servidores”, diz Lidiane, que faz parte da organização do curso.

 

Primeiro evento de formação de técnicos nos últimos três anos, o curso será dividido em três módulos. “O primeiro é o básico: formação do Estado e classes sociais. O segundo vai tratar da luta sindical no Brasil. Já o terceiro dependerá da demanda dos participantes”, explica a servidora. O curso será ministrado pelo economista Gilberto Marques, professor da Faculdade e da Pós-graduação em Economia da Universidade Federal do Pará (UFPA).

 

As aulas dos dias 19 e 20 fazem parte do primeiro módulo do evento. Os demais serão agendados conforme a demanda dos técnicos. Até a segunda-feira, 18, foram inscritos 25 servidores. A organização do evento espera pelo menos 40 técnicos durante o curso.

 

SERVIÇO

Curso “Como a sociedade funciona”, nos dias 19 e 20 de setembro, manhã e tarde, na sala 20 da Unidade 1, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), campus Marabá.

comments